Pesquisa de site

Instale Joomla 3.6 usando LAMP (Linux, Apache, MySQL, PHP) no RHEL, CentOS e Fedora


Recentemente, em 12 de julho de 2016, foi lançado o Joomla 3.6, que é uma versão importante da série Joomla 3.x e vem com mais de 400 melhorias. , incluindo novos recursos, suporte para PHP 7, que aumenta drasticamente a velocidade dos sites.

Importante: A equipe do Joomla recomenda fortemente que você atualize seus sites atuais imediatamente para a versão mais recente.

Esta postagem orienta você passo a passo na instalação da ferramenta Joomla CMS (Content Management System) no sistema operacional Linux. Existem várias formas de instalação disponíveis na Internet. No entanto, temos isso em mente para os iniciantes que são novos na plataforma Joomla e Linux. As etapas de instalação funcionam no sistema operacional Linux RHEL/CentOS/Fedora. Escolhemos o método de instalação LAMP (Linux, Apache, MySQL, PHP) para este artigo.

O que é Joomla?

Joomla é uma ferramenta popular de sistema de gerenciamento de conteúdo de código aberto (CMS) que nos permite construir facilmente sites dinâmicos e gerenciar aplicativos on-line. Ele também gerencia e publica o conteúdo do seu site, como vídeos, fotos, artigos no site. Joomla está disponível gratuitamente e suporta enormes plug-ins e temas de terceiros. Com a ajuda do Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS), você pode configurar sites na World Wide Web (WWW) sem ter conhecimento de programação .

Requisitos do Joomla

  1. Apache
  2. PHP
  3. MySQL/MariaDB

O que é LAMP (Linux, Apache, MySQL/MariaDB, PHP)?

LAMP é uma pilha de software de desenvolvimento web de código aberto em que Linux é o sistema operacional, Apache é o servidor Web, MySQL > é um RDBMS, MariaDB é um fork do MySQL desenvolvido pela comunidade e PHP como linguagem de script orientada a objetos.

Siga o link abaixo para instalar o ambiente LAMP em seus sistemas Linux.

  1. Instale LAMP no RHEL/CentOS 7
  2. Instale LAMP no Fedora 22
  3. Instale LAMP no RHEL/CentOS 7/6 e Fedora 24-17

Neste post, usei o nome do host como “joomla.linux-console.net” com o endereço IP 192.168.0.104. Essas configurações podem diferir em seu ambiente, portanto, altere-as quando apropriado. Além disso, todas as etapas foram executadas com privilégios de root. Portanto, certifique-se de ter credencial de login root.

hostname
ip addr show

Etapa 1: baixando o Joomla 3.6

Este método de instalação orienta você sobre como instalar o Joomla 3.6 mais recente usando a configuração LAMP em RHEL, CentOS e Fedora. Use o comando “wget” para baixar o tarball de origem mais recente.

wget https://github.com/joomla/joomla-cms/releases/download/3.6.0/Joomla_3.6.0-Stable-Full_Package.zip

Copie o pacote de arquivos fonte baixado e extraia-o no diretório DocumentRoot do Apache (ou seja, /var/www/html/).

cp Joomla_3.6.0-Stable-Full_Package.zip /var/www/html/
cd /var/www/html
unzip Joomla_3.6.0-Stable-Full_Package.zip

Atenção: Se você extraiu os arquivos para uma pasta chamada 'Joomla', seu site será acessado em nomedoseusite.com /Joomla.

Etapa 2: alterar a propriedade do diretório

Remova o arquivo de origem e altere a propriedade do diretório com o usuário e grupo “apache” recursivamente com o comando abaixo.

rm -rf Joomla_3.6.0-Stable-Full_Package.zip
chown -R apache:apache /var/www/html/
ls -l 

total 80
drwxr-xr-x. 10 apache apache  4096 Jul 12 17:25 administrator
drwxr-xr-x.  2 apache apache    42 Jul 12 17:25 bin
drwxr-xr-x.  2 apache apache    23 Jul 12 17:25 cache
drwxr-xr-x.  2 apache apache  4096 Jul 12 17:25 cli
drwxr-xr-x. 17 apache apache  4096 Jul 12 17:25 components
-rw-r--r--.  1 apache apache  2915 Jul 12 17:25 htaccess.txt
drwxr-xr-x.  5 apache apache  4096 Jul 12 17:25 images
drwxr-xr-x.  2 apache apache    61 Jul 12 17:25 includes
-rw-r--r--.  1 apache apache  1393 Jul 12 17:25 index.php
drwxr-xr-x. 13 apache apache  4096 Jul 12 17:25 installation
drwxr-xr-x.  4 apache apache    51 Jul 12 17:25 language
drwxr-xr-x.  5 apache apache    66 Jul 12 17:25 layouts
drwxr-xr-x. 12 apache apache  4096 Jul 12 17:25 libraries
-rw-r--r--.  1 apache apache 18092 Jul 12 17:25 LICENSE.txt
drwxr-xr-x.  2 apache apache    23 Jul 12 17:25 logs
drwxr-xr-x. 20 apache apache  4096 Jul 12 17:25 media
drwxr-xr-x. 27 apache apache  4096 Jul 12 17:25 modules
drwxr-xr-x. 14 apache apache  4096 Jul 12 17:25 plugins
-rw-r--r--.  1 apache apache  4226 Jul 12 17:25 README.txt
-rw-r--r--.  1 apache apache   842 Jul 12 17:25 robots.txt.dist
drwxr-xr-x.  5 apache apache    64 Jul 12 17:25 templates
drwxr-xr-x.  2 apache apache    23 Jul 12 17:25 tmp
-rw-r--r--.  1 apache apache  1690 Jul 12 17:25 web.config.txt

Etapa 3: configuração do servidor Apache

Se você está planejando hospedar apenas seu site Joomla em seu servidor web Apache, então você deve seguir estas etapas ou então ir para a hospedagem virtual Apache e criar um vhost separado para seu site Joomla e seguir o restante das instruções neste artigo.

Abra o arquivo de configuração do Apache com o VI ou o editor de sua preferência.

vi /etc/httpd/conf/httpd.conf

Pesquise a diretiva conforme abaixo e altere-a apropriadamente.

ServerAdmin [email 

ServerName joomla.linux-console.net:80

Nota: Usuário e Grupo devem ser apache

Etapa 4: reinicie o serviço httpd (Apache)

Reinicie o serviço da web Apache.

systemctl restart httpd.service
OR
service httpd restart

Para fazer com que o serviço httpd seja iniciado automaticamente na próxima inicialização, use o comando abaixo.

systemctl enable httpd.service
OR
chkconfig --level 35 httpd on

Verifique se seu httpd está em execução e escutando a solicitação na porta 80.

[root@tecmint ~]# netstat -antp | grep httpd

tcp     0      0 :::80            :::*          LISTEN 1705/httpd

Etapa 5: Configuração do Iptables (Firewall):

Abra a porta 80 no firewall ou desative o iptables.

---------------- On CentOS/RHEL 7 and Fedora 20 Onwards ----------------
firewall-cmd --zone=public --add-port=80/tcp --permanent
firewall-cmd --reload
---------------- On CentOS/RHEL 6 and Fedora 12-19 ----------------
iptables -A INPUT -p tcp --dport 80 -j ACCEPT
service iptables save
service iptables restart

Etapa 6: Criar banco de dados Joomla

Se você definiu a senha de root do MySQL, poderá defini-la usando o comando a seguir ou pular se já tiver definido.

mysqladmin -u root password 'redhat'

Faça login com credencial root no MySQL.

mysql -u root -p

Crie um banco de dados chamado “joomla” no MySQL.

mysql> create database joomla;

Conceda privilégio no banco de dados joomla para o usuário “joomla” no MySQL.

mysql> grant all on joomla.* to joomla@'localhost' identified by 'redhat';
Query OK, 0 rows affected (0.01 sec)

mysql> flush privileges;
Query OK, 0 rows affected (0.00 sec)

Reinicie o serviço MySQL e habilite-o automaticamente na inicialização do sistema.

---------------- On CentOS/RHEL 6 and Fedora 12-19 ----------------
systemctl restart mariadb.service
systemctl enable mariadb.service
---------------- On CentOS/RHEL 6 and Fedora 12-19 ----------------
service mysqld restart
chkconfig --level 35 mysqld on

Etapa 7: Instalação e configuração do Joomla

Abra seu navegador e digite http://192.168.0.11 que abrirá a tela abaixo para configurar o Joomla passo a passo.

Etapa 8: configuração do banco de dados

Preencha os detalhes como nome do banco de dados, nome de usuário e senha que foram definidos anteriormente na Etapa 6 para Configurações do MySQL e clique em 'Avançar'.

Etapa 9: configuração de FTP

Deixe em branco porque não estamos usando FTP e clique em ‘Avançar‘.

Etapa 10: instalar dados de amostra

Instale Dados de amostra e clique em ‘Instalar‘.

Etapa 12: Parabéns! Joomla! Instalação completa.

Aviso: Se você receber algum erro informando que o arquivo ou diretório de configuração não é gravável, isso significa que você deve copiar e colar o seguinte código de configuração em ' arquivo configuration.php' na pasta raiz do seu site.

<?php
class JConfig {
        public $offline = '0';
        public $offline_message = 'This site is down for maintenance.<br /> Please check back again soon.';
        public $display_offline_message = '1';
        public $offline_image = '';
        public $sitename = 'test.linux-console.net';
        public $editor = 'tinymce';
        public $captcha = '0';
        public $list_limit = '20';
        public $access = '1';
        public $debug = '0';
        public $debug_lang = '0';
        public $dbtype = 'mysqli';
        public $host = 'localhost';
        public $user = 'joomla';
        public $password = 'redhat';
        public $db = 'joomla';
        public $dbprefix = 'v3rlo_';
        public $live_site = '';
        public $secret = 'lb1sYEgHg0qZmyb7';
        public $gzip = '0';
        public $error_reporting = 'default';
        public $helpurl = 'https://help.joomla.org/proxy/index.php?option=com_help&keyref=Help{major}{minor}:{keyref}';
        public $ftp_host = '127.0.0.1';
        public $ftp_port = '21';
        public $ftp_user = '';
        public $ftp_pass = '';
        public $ftp_root = '';
        public $ftp_enable = '0';
        public $offset = 'UTC';
        public $mailonline = '1';
        public $mailer = 'mail';
        public $mailfrom = '[email ';
        public $fromname = 'test.linux-console.net';
        public $sendmail = '/usr/sbin/sendmail';
        public $smtpauth = '0';
        public $smtpuser = '';
        public $smtppass = '';
        public $smtphost = 'localhost';
        public $smtpsecure = 'none';
        public $smtpport = '25';
        public $caching = '0';
        public $cache_handler = 'file';
        public $cachetime = '15';
        public $MetaDesc = 'Joomla Testing Website';
        public $MetaKeys = '';
        public $MetaTitle = '1';
        public $MetaAuthor = '1';
        public $MetaVersion = '0';
        public $robots = '';
        public $sef = '1';
        public $sef_rewrite = '0';
        public $sef_suffix = '0';
        public $unicodeslugs = '0';
        public $feed_limit = '10';
        public $log_path = '/var/www/html/logs';
        public $tmp_path = '/var/www/html/tmp';
        public $lifetime = '15';
        public $session_handler = 'database';
}

Cuidado: Remova o diretório de instalação clicando no botão ‘Remover Instalação‘. Se você receber um erro informando que a pasta de instalação não pôde ser excluída, você pode usar o seguinte comando para excluir manualmente.

rm -rf installation/

Etapa 13: Faça login no Joomla

Etapa 15: Login do administrador do site

Etapa 16: Painel de controle do site test.linux-console.net

Etapa 17: Atualizando o Joomla (método de atualização)

O método mais fácil de atualizar o Joomla para a versão mais recente é usar Atualização com um clique. Este método é adequado apenas para Joomla 3.x.x a 3.x.x – atualizações (atualização de manutenção).

Se houver uma atualização, o Joomla irá alertá-lo no painel de controle do administrador. Joomla não será atualizado automaticamente, é responsabilidade do administrador do site iniciar e verificar a atualização.

Por exemplo, nesta seção de atualização do Joomla, veremos como atualizar da versão Joomla 3.4.3 para 3.6.

Importante: Não se esqueça de fazer o BACKUP ATUAL do seu site antes de fazer uma atualização.

Faça login no painel de controle administrativo e veja a notificação de atualização na parte superior que diz Atualizar agora.

Depois de clicar no botão Atualizar agora, ele mostrará a versão instalada do Joomla e a versão mais recente disponível. Aqui você terá duas opções, uma ‘Escrever arquivos diretamente‘ é o método padrão e a segunda é ‘Escrever arquivos usando FTP‘ para atualizar novos arquivos principais para sua instalação do Joomla.

Se você já possui a configuração do FTP, você pode escolher a opção de atualização do FTP ou simplesmente clicar no botão Instalar a atualização para executar as atualizações.

Observação: assim que o processo de atualização terminar, pode ser necessário limpar o cache do navegador para ajustar quaisquer alterações nos arquivos JS/CSS.

Se você tiver alguma dúvida a esse respeito, escreva na caixa de comentários abaixo.

Trabalharemos para você…!!!

Também fornecemos solução de hospedagem em WordPress e Joomla, bem como migração de Joomla para WordPress ou vice-versa com cobranças mínimas. Se você quiser que façamos isso por você, entre em contato conosco.